Poemas Apresentados ao III Prémio de Poesia em Rede - Publicação Provisória
26.12.08

 

Para ti criança

 

 

 

Criança! Os teus olhos são estrelas

Que iluminam, o céu da minha vida

Eu sem essa luz, fico perdida

Deixa-me meu Deus, guiar por elas

 

São os teus cabelos, raios de luz

Que brilham, e cintilam entre os dedos

Quando os afago, não há medos

E a sua beleza, me seduz

 

Como borboletas, esvoaçando

Assim tuas mãos, eu descrevi

Não parando quietas, um segundo

 

Seguindo teus passos, vou andando

Dá-me a tua mão, eu estou aqui

E vou-te mostrar, o que é o mundo

 

 

 

 

 

Escrito por: Maria Idalina Pata

 

 

link do postPor poesiaemrede, às 00:54  comentar

De poetaporkedeusker a 8 de Janeiro de 2009 às 01:11
Ainda não tive tempo para enviar o meu poema, nem para apreciar devidamente os poemas já inscritos nesta terceira Edição do Poesia em Rede. Este comentário vem cumprir uma das regras do Prémio Blog de Ouro para o qual acabo de nomear o blog Poesia em Rede.
Estará à disposição no salão de troféus do poetaporkedeusker, no http://premiosemedalhas.blogs.sapo.pt/

Abraço!

De linhaseletras a 12 de Janeiro de 2009 às 22:54
Amiga Maria João quando é que tenho a honra de ver aqui a sua participação, estou ansiosa por ler o seu trabalho

Um abraço

De poetaporkedeusker a 13 de Janeiro de 2009 às 00:34
Minha amiga, garanto que já está feito, mas já não sei onde o pus... se eu lhe contasse, com pormenores, tudo o que me tem acontecido ultimamente e se lhe dissesse que estou tão cansada que quase me apetece adormecer de vez (longe vá o agoiro!), entenderia com certeza. Não estou muito bem e esgotei as minhas "reservas de energia"
Ando tão devagar e tão "emperrada" que mais pareço o Boneco de Lata do Feiticeiro de Oz... assim que conseguir fazer mais alguma coisa para além de tratar dos animais todos, garanto-lhe que venho publicá-lo e retomo as minhas leituras habituais!
Um abraço para si e também para a equipa do Poesia em Rede.

De joana a 12 de Janeiro de 2009 às 21:49
gosto muito deste soneto .. esta magnifico !
sem duvida que as crianças são a luz dos dias de hoje , são elas que nos dão a energia de viver .
todos temos de aprender sejam as crianças com os mais velhos ou vice versa .

soneto preferido .


De linhaseletras a 12 de Janeiro de 2009 às 22:48
Obrigado Joana pelas tuas palavras, volta sempre.
Um

De ghilhermina a 12 de Janeiro de 2009 às 21:51
que pelo soneto
as crianças sao sempre uma grande fonte de inspiraçao
.
gostei imenso

De linhaseletras a 12 de Janeiro de 2009 às 22:50
Obrigado pela tua visita, e pelo comentário.
Um

De Velucia a 14 de Janeiro de 2009 às 02:39
Olá Maria Idalina

Tão belo soneto o seu também.
Fico feliz de vê-la aqui participando.
As crianças são estrelas, são luz, são esperanças.
E quanta maldade vemos contra elas!
Hoje soube de uma de 5 anos em que a mãe colocou fogo não é minha cidade, mas meu país infelizmente) e só chamou socorro 24 horas depois, além de ter fugido.
É uma pena que isto ainda aconteça.

Um abraço.

De linhaseletras a 14 de Janeiro de 2009 às 20:25
Obrigado pela suas palavras, e pela sua visita.
É horrível essa noticia, como é possível uma mãe ter coragem de fazer uma barbaridade dessas, até os animais protegem os filhos. Meu Deus que mundo é este em que vivemos? Um abraço

De Sara a 25 de Janeiro de 2009 às 00:05
Gostei muito do que escreveu, está muito bonito este seu soneto,
Um beijinho. Sara

De linhaseletras a 26 de Janeiro de 2009 às 00:42
Obrigado pelas tuas palavras e um beijinho também para ti

De vitoria a 30 de Novembro de 2010 às 16:56
legalllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllll

De Valdemar F. de Almeida a 18 de Dezembro de 2013 às 22:04
Foi a primeira vez que entrei nessa página.
Fiquei muito contente pois tenho 10 netos e uma bisneta.
gosto muito dessa frase que criei: "O mundo dos negócios,
tirou a ternura dos homens, e os tornaram cada vez mais carrancudos e cinzentos."
Também estou escrevendo ums textos sobre contos e lendas de minha terra - Coroaci MG
Páz para todos

Poesia em Rede
 
Poesia em Rede
Dezembro 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25

30


Leituras
blogs SAPO
Contador de visitas