Poemas Apresentados ao III Prémio de Poesia em Rede - Publicação Provisória
30.3.09

Era uma vez

 

Era uma vez

Um país de várias cores

Onde as ruas têm nomes de flores

E os sonhos se tornam realidade.

 

Era uma vez (outra vez)

Uma menina pequena e frágil

(Voava como uma borboleta ágil

Pelos caminhos da felicidade)

Tinha caracóis no cabelo

E sorriso alegre de criança

Os seus olhos, cor de chocolate,

Espelhavam ternura e esperança.

 

Amar era a sua arte.

E movia-se ao sabor do vento

Que a levava para terras distantes

Desvendando-lhe princesas, infantes,

Noites estreladas e momentos de alento.

 

Baloiçava entre o imaginário e o real

Subia à mais alta montanha

E agarrava a mais bela estrela

Que acreditava ser o seu mundo ideal.

(Qual sina estranha

A ingenuidade é má façanha!)

A curiosa petiz

Vivia feliz.

 

Era uma vez…

 

 

Marta Aguiar

 

link do postPor poesiaemrede, às 23:50 

De Ricardo Silva Reis a 15 de Abril de 2009 às 11:36
Olá
Votei no teu poema. Parabens
Ricardo Silva Reis

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Poesia em Rede
 
Poesia em Rede
Março 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
12
13

15
16
19
20
21

22
24
25
27

29
31


Leituras
subscrever feeds
blogs SAPO
Contador de visitas