Poemas Apresentados ao III Prémio de Poesia em Rede - Publicação Provisória
3.1.09

Arco-Íris

Fruto do amor,
Nasce um rebento:
- Humana flor!
Repleto de candura
Respira livre
Corre, pela mão segura,
Inocente, pequenez pura,
Pulsante de cor, de vida…
No piscar dos olhitos
Brilhantes, esbugalhados e bonitos
Qual mágico sorriso maravilhoso?!
De duende guloso
De esperança verde vestida,
…espantoso!


Liacrisoa

 

 

link do postPor poesiaemrede, às 18:27 

De Paulo Teixeria a 10 de Janeiro de 2009 às 01:07
devo dizer que este poema está com uma categoria acima da media, bom trabalho! adorei, também sou concorrente mas devo admitir que aqui há talento! muito bom

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Poesia em Rede
 
Poesia em Rede
Janeiro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
13
15

19
21
23

27
28
29
31


Leituras
subscrever feeds
blogs SAPO
Contador de visitas