Poemas Apresentados ao III Prémio de Poesia em Rede - Publicação Provisória
18.1.09

Sou Criança



Sou criança dizem eles

Nem sempre devo opinar

Tenho de fazer os deveres

Perco o tempo de brincar

Sou criança tão ladina

Sempre a perguntar porquê

Sou uma criança rabina

Que quer tudo o que vê!

Acho o mundo tão gigante

Tão maior que a minha rua

Tantos países distantes

Fica mais perto a lua?

Às vezes não gosto disto

E daquilo também não

Se faço birra e resisto

Levo logo um sermão!

Sou criança e sou feliz,

Muitos me sabem amar

Agora sendo petiz,

Sei rir, crescer e cantar!

Sou criança, eu sei bem

Mas isso é mesmo conforme

Porque em dias que convém:

"- Porta-te bem! Estás enorme!"

 


Autor : L.


link do postPor poesiaemrede, às 16:15 

De bruno a 22 de Outubro de 2009 às 17:24
Fica mais perto a lua?

Às vezes não gosto disto

E daquilo também não

Se faço birra e resisto

Levo logo um sermão!

Sou criança e sou feliz,

Muitos me sabem amar

Agora sendo petiz,

Sei rir, crescer e cantar!

Sou criança, eu sei bem

Mas isso é mesmo conforme

Porque em dias que convém:

"- Porta-te bem! Estás enorme

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Poesia em Rede
 
Poesia em Rede
Janeiro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
13
15

19
21
23

27
28
29
31


subscrever feeds
blogs SAPO