Poemas Apresentados ao III Prémio de Poesia em Rede - Publicação Provisória
26.12.08

 

Para ti criança

 

 

 

Criança! Os teus olhos são estrelas

Que iluminam, o céu da minha vida

Eu sem essa luz, fico perdida

Deixa-me meu Deus, guiar por elas

 

São os teus cabelos, raios de luz

Que brilham, e cintilam entre os dedos

Quando os afago, não há medos

E a sua beleza, me seduz

 

Como borboletas, esvoaçando

Assim tuas mãos, eu descrevi

Não parando quietas, um segundo

 

Seguindo teus passos, vou andando

Dá-me a tua mão, eu estou aqui

E vou-te mostrar, o que é o mundo

 

 

 

 

 

Escrito por: Maria Idalina Pata

 

 

link do postPor poesiaemrede, às 00:54 

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Poesia em Rede
 
Poesia em Rede
Dezembro 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25

30


subscrever feeds
blogs SAPO