Poemas Apresentados ao III Prémio de Poesia em Rede - Publicação Provisória
20.1.09

Um Sorriso

Ela sorri, como se fosse a vida
Contemplando as miragens da paixão.
Serena e infantil, quase perdida,
Uma criança fita a solidão.

Num sorriso, estilhaça a escuridão,
Doma as feras da noite indefinida
E planta no vazio de um coração
Um sorriso de esperança renascida.

Ela vive nas asas da memória
Como um futuro arrancado da história
E transplantado em terra abandonada

Para florescer em rosa fascinante,
Sorrindo aos olhos da noite brilhante
Como um hino nos céus por sobre o nada.

                                              Carla Ribeiro

 

 

link do postPor poesiaemrede, às 00:46  comentar

De Sílvia a 1 de Fevereiro de 2009 às 11:30
Parabéns!!!
Adorei o soneto...

Poesia em Rede
 
Poesia em Rede
Janeiro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
13
15

19
21
23

27
28
29
31


blogs SAPO